LOWE´S INVESTE PESADO NO GOOGLE EM 2011.

Publicado por Result em 06 fev, 2012
Empresa de materiais de construção é a campeã em investimentos de publicidade no Google em 2011.

O Google Adwords é uma ferramenta de publicidade da gigante de tecnologia para empresas que queiram aparecer no topo ou na lateral das páginas de resultados de buscas. As companhias compram palavras-chave para aparecer com destaque nas pesquisas. Ou seja, se você procurar pela palavra “computador”, a sua pesquisa retornará com anúncios relacionados a empresas que vendem computador e adquiriram essa palavra-chave, por exemplo (veja imagem acima). Quem mais anunciou pelo Google Adwords no ano passado foi a Lowe´s, empresa de materiais de construção e decoração – foram US$ 59,1 milhões. Ela é seguida pela Amazon, que investiu US$ 55,2 milhões. Em terceiro, aparece a Universidade de Phoenix, que colocou US$ 46,9 milhões de sua verba no Adwords. A publicidade é a principal – praticamente única – fonte de recursos do Google. Da receita de 2011 da companhia, de US$ 37,9 bilhões, 96% corresponderam a anúncios. O setor que gastou mais verba de publicidade no buscador foi o de “Finanças e Seguros” (US$4 bilhões), seguido pelo de varejo (US$ 2,8 bilhões) e turismo (US$ 2,4 bilhões). No infográfico abaixo, produzido pela WordStream, especializada em marketing online, você confere as 10 indústrias que mais investiram em publicidade no Google em 2011, as palavras-chaves mais utilizadas nas buscas e os custos por clique.

OUTRAS NOTICIAS



GERMED REALIZA RECOLHIMENTO DE MEDICAMENTO

Anvisa publicou, no Diário Oficial o recolhimento do produto.
veja mais

A CONSTRUIR RIO ESPERA POR VOCÊ

Acontece durante os dias 7 e 10 de novembro, no Riocentro, a Feira Internacional da Construção.
veja mais

TIGRE É TOP OF MIND NO MERCADO DE CONSTRUÇÃO NO BRASIL

A marca mantém sua hegemonia nos segmentos “tubos e conexões” e “materiais de construção”.
veja mais

FGV ESTIMA CRESCIMENTO DE 5% PARA O SETOR DE CONSTRUÇÃO

A instituição estima que o setor, representante de 5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, tenha se expandido 4,8% em 2011.
veja mais




Ver todos as notícias